Como virei fotógrafa! Vivi Manzur

Eu quis ser muita coisa, conhecer muita gente, fazer algo diferente, e ajudar o mundo a ser um pouco melhor.Um belo dia tive uma crise e perguntei pro Luiz Finotti como sendo fotógrafa eu poderia ajudar as pessoas? Como poderia fazer o mundo melhor? Uma crise que me persegue desde o tempo de criança, enfim ele me respondeu:
– amor, vc traz o que há de melhor das pessoas na foto, vc valoriza o ser de cada um e o mais importante vc registra o que é de mais valioso na vida : a vida da família. Quando as pessoas olham pra foto, elas sentem a emoção do amor, podem não lembrar que foi vc que as fotografou, mas a foto estará lá no lugar mais especial da casa. Fará os amigos pararem e olharem pra foto, pensarem e sentirem o amor daquela família, fará a avó sorrir ao receber o porta retrato com os netos, enfim vc com sua pequena contribuição fará um sorriso nascer no rosto daqueles que olharem pra foto.

Meu sonho : é viajar pelo mundo, não só para conhece-lo, não só para retrata-lo , mas para poder conhecer pessoas, famílias, histórias. Acho que nos tropeços da vida Deus me colocou a fotografia, jamais imaginei trabalhar com isso, não era nem a fotografa oficial dos amigos, nem com a cybershot, mas o amor me motivou.
Quando o Luiz Finotti chegou em casa cantarolando pq voltava de um casamento, cantava no chuveiro ao voltar de ensaio fotográfico, aquilo me tocou, e eu pensei como vou fazer para que ele seja sempre feliz assim?
Então , embarquei com ele, aprendi a fotografar e entrei de cabeça nesse mundo , não por mim, por ele, para que ele tivesse coragem de largar sua antiga profissão e virar fotografo oficialmente, na verdade achei que seria sempre apenas um apoio, uma companheira, mas derrepente a fotografia me conquistou, mas não ela, sim as pessoas , os relacionamentos, as histórias de amor, os casamentos dos sonhos, as famílias, o primeiro filho, os detalhes de se amar.
Assim virei fotógrafa:)

Adorei esse vídeo:video motivacional

Share on: FacebookTwitterPinterest

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*

*